quinta-feira, 20 de fevereiro de 2014

Gol expande para Europa em parceria com Air France-KLM

Depois de ampliar a sua malha para os EUA, através de um acordo de code-share com a Delta e voos próprios para Miami e Orlando, agora a Gol mira na Europa. A companhia anunciou ontem um acordo de longo prazo com a Air France-KLM que inclui code-share, acumulo e resgate de milhas e investimento. A Air France-KLM investirá US$100 milhões na Gol, ficando com aproximadamente 1,5% das ações da empresa.
O compartilhamento de voos (code-share) abrangerá os voos da Air France-KLM entre São Paulo, Rio de Janeiro e Brasília e Paris e Amsterdam, e os voos da Gol no Brasil.
A Air France-KLM é um dos principais membros da SkyTeam e tem como principal parceira na aliança a Delta, companhia que também comprou uma fatia da Gol em 2011.
A Gol, porém, nega que pretende fazer parte da SkyTeam. Segundo Paulo Kakinoff, presidente da Gol, a chance da empresa entrar na aliança é muito remota, pois ela permanece como um "player local" mesmo após os acordos de cooperação com companhias aéreas estrangeiras.
Recentemente a Gol também implementou um code-share com a Aerolineas Argentinas, que também faz parte da SkyTeam. O acordo já vinha sendo negociado desde 2011 e o mercado argentino é de extrema importância para a Gol, já que é o seu maior mercado internacional e a Gol é a companhia com o maior número de frequências entre os dois países.
A Gol mantem acordos de acumulo/resgate de milhas com empresas de duas alianças: SkyTeam: Aerolineas Argentinas, Air France, Delta e KLM e OneWorld: Iberia e Qatar Airways.

Atualização: 24/02/2014
Gol anunciou hoje a expansão do produto "GOL+". Agora a intenção é que todas as rotas nacionais possuam o serviço e não somente a Ponte Aérea Rio de Janeiro - São Paulo. O GOL+ oferece poltronas com maior distância (34 contra 30 polegadas) e mais reclinação (mais 50%). Além dos Boeing 737-800, os Boeing 737-700 também ganharão o serviço. A companhia pretende ter 33 aeronaves com a nova configuração até o carnaval e 116 antas da Copa do Mundo.
Além do GOL+, as demais poltronas também terão maior distância entre as fileiras, passando de 30 para 31 polegadas.
Gol também anunciou que planeja adotar uma configuração única para cada modelo. Os Boeing 737-700 passarão a ter 138 assentos, contra 144 atualmente. Já os Boeing 737-800, que tem várias configurações diferentes, passarão todos a ter 177 assentos. A redução nos assentos das aeronaves, ajudará a Gol com o seu objetivo de aumentar a ocupação nas aeronaves via redução da oferta de assentos.

Boeing
737-700
Antes

144 assentos

Classe Econômica: distância de 76,2 cm entre as fileiras.
Agora

138 assentos

GOL+: distância de 86,3 cm entre as fileiras, 50% mais reclinação e com assento do meio bloqueado.

Classe Econômica: distância de 78,7 cm entre as fileiras.
Boeing
737-800
Antes

170, 177, 178, 183, 184, 187 ou 189 assentos

Classe Econômica: distância de 76,2 cm entre as fileiras.
Agora

177 assentos

GOL+: distância de 86,3 cm entre as fileiras, 50% mais reclinação e com assento do meio bloqueado.

Classe Econômica: distância de 78,7 cm entre as fileiras.

0 comentários:

Translate

Receber Posts por E-Mail

Sobre Nós

Minha foto
aviacaocomercial.net
O site AviaçãoComercial.net foi criado em agosto de 2009, a partir do site FSDownload.net (lançado em 2004). O site www.aviacaocomercial.net é dedicado a aviação comercial brasileira e mundial, com informações sobre aeronaves, companhias aéreas, dados e etc. O Blog de Notícias se dedica a informar aos visitantes as últimas notícias da aviação comercial brasileira e os principais acontecimentos da aviação comercial mundial.
Visualizar meu perfil completo

Versão Para Celulares

Versão Para Celulares

Notícias Populares

Postagem em destaque

1914-2014: 100 Anos de Aviação Comercial!

No dia 1º de janeiro de 1914 aconteceu o primeiro voo comercial da história. Abram Phell pagou U$400 para fazer a viagem de avião pela St....

Tecnologia do Blogger.