sexta-feira, 18 de dezembro de 2015

Tam recebe o primeiro Airbus A350

A Tam recebeu hoje o seu primeiro Airbus A350-900 (prefixo PR-XTA), se tornando a primeira companhia aérea das Américas e a quarta no mundo a operar o mais novo modelo da Airbus. Em 2007 a Tam foi a primeira companhia aérea da América Latina a encomendar o A350XWB para substituir os A330. Em 2012 a companhia se fundiu com a Lan, formando a Latam airlines. A Lan havia encomendado o Boeing 787 e os A330 da Tam já foram quase todos substituídos por Boeing 767, porém a encomenda de 27 A350 foi mantida. A Tam deverá receber mais seis unidades em 2016, fechando o ano que vem com sete unidades. A partir da quarta unidade, o A350 virá configurado com a classe Premium Economy, além da Premium Business e classe econômica. O primeiro voo comercial ocorrerá em janeiro de 2016,na rota São Paulo - Manaus. Em março, o A350 começará a operar na rota São Paulo - Miami e, a partir de abril, entre São Paulo e Madri.

O A350 surgiu em 2004 como resposta ao Boeing 787 e seria uma aeronave de 250 a 300 assentos, para substituir o A330. Mas a proposta da Airbus não fez muito sucesso e, em 2006, a Airbus reformulou totalmente o programa, que passou a se chamar A350XWB (fuselagem extra larga), O A350 ficou maior, com uma fuselagem mais larga e capaz de acomodar de 300 a 350 passageiros, passando a competir diretamente com o Boeing 777.
O A350-900 é de longe a versão mais popular e atualmente o wide-body de nova geração com o maior número de encomendas. O irmão menor A350-800 foi deixado de lado em favor do A330neo e o A350-1000 sofre forte concorrência do Boeing 777X. O A350-900 não tem um concorrente direto, já que o Boeing 787-9 é menor e o Boeing 787-10 é mais focado para rotas médias/curtas de alta densidade. O principal concorrente, B777-200, é de uma geração mais antiga, deixando o A350-900 em uma posição bem confortável. A Boeing fez o mesmo com a Família Boeing 777X, que tem capacidade entre o A350-1000 e o Airbus A380, e sendo assim não tem concorrente direto. No entanto a Airbus estuda lançar uma versão maior do A350 para competir com o B777-9.
O Airbus A350 oferece várias inovações como cabine mais silenciosa, janelas 24% maiores, tecnologia avançada de ar condicionado e conceitos inovadores de iluminação, que ajudam a reduzir o efeito do jet lag. Pouco mais da metade da estrutura do avião A350 é construído com materiais compostos e adotou várias características do projeto do A380. Asas de fibra de carbono são fundamentais para a economia do A350, e os wing-tips ajudam a ter um alcance correspondente ao do Boeing 777-300ER. A asa do A350 tem um área 20% maior do que a do A330 e melhorias aerodinâmicas, permitindo o A350 a viajar numa velocidade superior a Mach 0,85.
No inicio a turbina que iria equipar o A350 seria uma General Electric GEnx, mas a reformulação do programa fez a Rolls-Royce desenvolver um motor totalmente novo, tirando a GE do projeto. O RR Trent XWB foi projetado para atender metas rigorosas de baixo ruído, além de consumir menos combustível.

www.tam.com.br/a350xwb

0 comentários:

Translate

Receber Posts por E-Mail

Sobre Nós

Minha foto
aviacaocomercial.net
O site AviaçãoComercial.net foi criado em agosto de 2009, a partir do site FSDownload.net (lançado em 2004). O site www.aviacaocomercial.net é dedicado a aviação comercial brasileira e mundial, com informações sobre aeronaves, companhias aéreas, dados e etc. O Blog de Notícias se dedica a informar aos visitantes as últimas notícias da aviação comercial brasileira e os principais acontecimentos da aviação comercial mundial.
Visualizar meu perfil completo

Versão Para Celulares

Versão Para Celulares

Notícias Populares

Postagem em destaque

1914-2014: 100 Anos de Aviação Comercial!

No dia 1º de janeiro de 1914 aconteceu o primeiro voo comercial da história. Abram Phell pagou U$400 para fazer a viagem de avião pela St....

Tecnologia do Blogger.