Busca interna

sexta-feira, 23 de novembro de 2012

Adeus BMI

A BMI que já foi a segunda maior companhia aérea da Inglaterra e a maior companhia no aeroporto de Heathrow, foi totalmente absorvida pela British Airways. A BMI foi fundada em 1949 como Derby Airways. Em 1970 passou a se chamar British Midland Airways ou BMA e depois British Midland International ou BMI. Em 2000 a companhia entrou na Star Alliance e em 2009 foi comprada pela Lufthansa. Mas a BMI vinha obtendo prejuízos constantes e a Lufthansa vendeu a empresa para IAG (controladora da British e Iberia) em 2012. As marcas BMI e BMI baby foram extintas, mas ainda podemos ver o nome BMI nos céus... A BMI regional (antiga regional da BMI) foi vendida para um consórcio e desde de 1 de junho de 2012 opera como uma companhia aérea independente. A frota da BMI regional é composta de aeronaves Embraer ERJ-135 e ERJ-145 e atende 16 destinos na Europa.

WebJet encerra atividades

A Gol informou hoje que a marca WebJet deixará de existir. Os slots e as rotas da empresa serão absorvidas pela Gol, assim como parte dos funcionários. Em setembro a Webjet possuía 5,46% do mercado doméstico, junto com a Gol a participação foi de 39,01%, 1,81 pontos percentuais a menos do que a líder Tam.
A Gol anunciou também a devolução de todas as aeronaves Boeing 737-300 da WebJet, sendo 16 até o final do primeiro trimestre de 2013 e as últimas quatro até o final do primeiro semestre do próximo ano. Com isso a Gol prevê uma redução de 5% a 8% na oferta doméstica na primeira metade do ano de 2013.
A LATAM (controladora da Lan e da Tam)  também anunciou que a Tam irá reduzir a oferta doméstica em 7% com a devolução de cinco aeronaves em 2013. A expectativa da LATAM é que a Tam alcance uma taxa de ocupação em suas aeronaves no mercado doméstico de 78% a 80%.

Iberia reduzirá a frota em 25 aeronaves


Após apresentar prejuízo, o grupo IAG (controlador da British e Iberia) anunciou que a frota da Iberia será reduzida em 25 aeronaves, sendo cinco de grande porte e vinte de médio/pequeno porte. Com isso a malha da companhia será reduzida em 15%. Outra medida já anunciada anteriormente é a substituição de aeronaves A340 por A330, que são mais econômicas.
Enquanto a Iberia reduz a frota, a British receberá novos Boeing 777 para ampliar a frota. Porém a entrega de alguns Boeing 787 foi adiada para 2015.
segunda-feira, 5 de novembro de 2012

Tam terá novo interior em suas aeronaves

A Tam já deu inicio a um novo projeto chamado "From Home to Home", onde o objetivo é fazer o passageiro se sentir em casa durante toda a viagem. As salas VIP ganharão elementos como sofá, almofadas e móveis, lembrando uma sala de estar com materiais, texturas e cores que lembram o conforto de uma casa.
Nas aeronaves, a primeira classe também lembrará uma sala de estar com uma nova poltrona, um sofá, closet, luminária, mesa de refeição, almofadas, biblioteca e serviço Nespresso.
Na classe econômica, os passageiros encontrarão novas poltronas em novas cores verde, vermelho e azul. O novo interior também conta com o "Espaço +", que possuí maior espaço entre as poltronas. Em todas as classes os banheiros apresentam um piso que remete ao calçadão de Copacabana e o entretenimento de bordo também foi remodelado. Por enquanto os assentos da classe executiva permanecem iguais.

Classe econômica - Boeing 777-300ER.

Classe econômica no Boeing 777-300ER, também haverá o Espaço + com maior distância entre as poltronas.

Primeira classe, estará presente nos A330 e B777.

Primeira classe - Boeing 777-300ER.
A319/A320/A321 terão nova classe econômica e Espaço +.
Atualização: 04/08/2013
Após a fusão com a Lan, o  projeto "From Home to Home" foi paralisado. A ideia agora é que a Tam e a Lan tenham exatamente o mesmo interior em suas aeronaves.

Atualização: 27/03/2014
Tam e Lan apresentam novo interior das aeronaves
terça-feira, 2 de outubro de 2012

Gol encomenda 60 Boeing 737MAX

A Gol anunciou ontem a encomenda de 60 unidades do novo Boeing 737MAX. As duas primeiras unidades deverão ser entregues em 2018, fazendo da Gol a primeira companhia na América Latina a operar o novo modelo e uma das primeiras no mundo. Segundo o presidente da companhia, a Gol tem a opção de mudar as datas de entrega das aeronaves. Os novos B737MAX serão equipados com motores CFM LEAP-1B e terão o Sky Interior. Segundo a Boeing, os novos 737MAX consumirão até 13% menos combustível em relação aos 737NG. Além disso eles poderão decolar com mais peso e terão maior alcance. A Gol é a maior operadora de Boeing 737 na América Latina e desenvolveu junto com a Boeing o 737-800SFP (Short Field Performance), capaz de decolar e pousar em aeroportos com pistas pequenas como o Santos Dumont. A empresa já anunciou que desenvolverá junto com a Boeing o 737MAX SFP.
View the full size photo! GOL Linhas Aéreas PR-GTE Boeing 737-8EH Belo Horizonte Tancredo Neves - SBCF
Outra novidade da Gol é uma pequena modificação na pintura de suas aeronaves; agora os motores são laranjas ao invés de brancos.

sexta-feira, 28 de setembro de 2012

Mais oferta entre o Brasil e os EUA

Nova primeira classe da Tam
O PT-MUE (o quinto Boeing 777-300ER da Tam) já chegou ao Brasil e substituiu o Airbus A330-200 na rota São Paulo - Miami. O sexto B777 (PT-MUF) também já foi recebido pela companhia e deve operar o voo São Paulo - Nova York. Os dois novos B777 da Tam possuem novos assentos na primeira classe e na classe econômica. Os assentos da classe excecutiva permanecem iguais. Na classe econômica dos novos B777 há também uma seção de assentos com maior espaço entre as fileiras que deverão ser vendidos como "Espaço +", anteriormente conhecido como "Assento Conforto".
Outra novidade do grupo Latam é que a Lan pediu autorização para operar o voo Santiago - Rio de Janeiro - Miami com o Boeing 767-300ER a partir de 21 de janeiro de 2013. O voo deverá substituir o Rio - Miami da Tam operado atualmente com o A330.
Além da Latam, a Gol também pretende ampliar a presença nos EUA. A companhia já iniciou a nova temporada de voos charter para Miami e Orlando e ainda continua com planos de lançar voos regulares. A ANAC autorizou a Gol a operar 14 frequências semanais para os EUA via República Dominicana e mais sete frequências semanais para a Bolívia.



Atualização: 29/10/2012
Gol anunciou no dia 26 de outubro que iniciará voos regulares para os EUA no dia 15 de dezembro. Os voos farão escala em Santo Domingo - na República Dominicana - e serão operados com o Boeing 737-800. Inicialmente serão operados os dois voos: São Paulo - Santo Domingo - Orlando e Rio de Janeiro - Santo Domingo - Miami, onde em Santo Domingo os passageiros poderão prosseguir tanto para Orlando, quanto para Miami.
Em 2013 a Gol também predente começar a vender em seu site voos entre o Brasil e Atlanta em Code-Share com a Delta. A apartir de Atltana, os passageiros poderão fazer conexões para outras cidades nos EUA, Europa e Ásia. A companhia também estuda outras cidades a partir de Santo Domingo como Nova York, Los Angeles, Las Vegas e México.
quarta-feira, 5 de setembro de 2012

Iniciada as obras para o terminal 3 de Guarulhos


Guarulhos
Sob iniciativa privada, o Aeroporto Internacional de Guarulhos começou a ser ampliado para a Copa de 2014. Originalmente o aeroporto possuía dois terminais com capacidade para pouco mais de 25 milhões de passageiros por ano, porém o aeroporto recebeu quase 30 milhões em 2011. O Terminal 4 foi inaugurado em fevereiro desse ano, ampliando a capacidade do aeroporto para pouco mais de 30 milhões. Mas o terminal está subutilizado, operando somente voos da WebJet.
Nessa semana foram iniciadas as obras do Terminal 3, que deverá ampliar a capacidade do aeroporto para mais de 40 milhões de passageiros por ano. O Terminal 3 terá capacidade para 12 milhões de passageiros por ano, terá um hotel dentro da área de embarque (dispensando procedimentos de imigração para passageiros com outro país como destino final) e estará apto para receber aeronaves de grande porte como o Airbus A380. A pista principal do aeroporto também será alargada de 45 para 60 metros e o projeto ainda prevê um shopping center até 2016.
Segundo o presidente da Concessionária Aeroporto Internacional de Guarulhos, os terminais 1 e 4 receberão apenas voos nacionais; o Terminal 2 receberá tanto voos nacionais quanto internacionais e o Terminal 3 receberá apenas voos internacionais.
sábado, 1 de setembro de 2012

Marca Trip será extinta

A Azul Trip, união da Azul e Trip anunciou que após a fusão somente a marca Azul será utilizada. Segundo a empresa, uma pesquisa mostrou que a marca Azul é mais conhecida no Brasil e no mundo que a marca Trip. O logo da Azul sofrerá uma pequena alteração, o "U" da palavra "Azul" terá um tom de azul diferente das demais letras, assim como é o logo da Trip, onde a letra "I" possuí um tom diferente. Apenas um E-Jet e um ATR da Trip permanecerão com as cores atuais da companhia, as demais serão pintadas com as cores da Azul. Quando ganharem a pintura da Azul, todas as aeronaves ex-Trip terão a faixa na fuselagem e na cauda na cor prata. Além disso um E-195 ganhará uma pintura especial em comemoração a fusão das duas companhias. Os ATRs mais antigos da Trip e todos os E-175 deverão ser substituídos por novos ATRs e E-190/195.
A união da Azul e da Trip ainda dependem da aprovação dos órgãos reguladores, porém o code-share entre as duas companhias já foi aprovado pela ANAC. A Trip também anunciou que pretende continuar com o acordo de code-share com a Tam.

LAN recebe o primeiro Boeing 787-8



Ontem a Lan foi a primeira companhia aérea das Américas a receber o Boeing 787-8. O primeiro dos 22 B787-8 e 10 B787-9 encomendados deverá realizar a rota Lima - Los Angeles. As próximas rotas deverão ser entre Santiago, Buenos Aires, Madrid e Frankfurt. Os 787 substituirão os B767 mais antigos e ampliarão a malha da companhia.
O Boeing 787-8 da Lan está configurado para 247 assentos, sendo 30 na Premium Business e 217 na classe econômica. Os assentos da classe executiva (Premium Business) são configurados na disposição 2-2-2 com distância de 1,91 metros entre as fileiras. Os assentos reclinam 180° e se transformam numa cama de 1,84 metros de comprimento e 58,4 cm de largura. O sistema de entretenimento escolhido é o Panasonic Avionics eX2, que permite a importação de dados de USB ou iPod.
Já os assentos da classe econômica estão configurados na disposição 3-3-3 com distância de 78,7 metros (pitch 31''). A Lan tem planos de inserir futuramente uma classe econômica "premium".

quarta-feira, 29 de agosto de 2012

Aerolineas Argentinas entra na SkyTeam

Aerolineas Argentinas
A principal companhia aérea da Argentina, a Aerolineas Argentinas entrou hoje oficialmente na SkyTeam - segunda maior aliança aérea global. A Aerolineas é a primeira companhia da América do Sul a ingressar na aliança e a segunda da América Latina, após a AeroMexico. Com a entrada da nova companhia, a SkyTeam ganhará 35 destinos na Argentina e 18 internacionais.
A partir de agora as três alianças globais têm presença na América do Sul; SkyTeam com Aerolineas Argentinas, OneWorld com Lan e Star Alliance com Tam e Avianca-Taca.
A Gol não faz parte da SkyTeam, mas tem acordo com alguns de seus membros: Aerolineas, Delta e Air France-KLM.
quarta-feira, 22 de agosto de 2012

Tam expande sua malha na América do Sul

Agora parte da Latam, a Tam irá expandir a sua malha na América do Sul nos próximos meses. A companhia já trocou o A320 pelo A330-200 na rota São Paulo - Lima e deverá iniciar três frequências semanais entre o Rio e Lima em outubro com o A320. Com a falência da Pluna, a Tam deverá dobrar as frequências entre São Paulo e Montevidéu e lançar um voo diário sem escalas entre o Rio e Montevidéu todos operados com o A320.
Comenta-se também que a Tam deverá aposentar os seus três Boeing 767-300 em breve, porém o quinto Boeing 777-300ER está prestes a ser entregue e deverá começar a operar nas rotas São Paulo - Miami e São Paulo - Nova York.

Atualização: 27/08/12
Para Bogotá somente com LAN
Outra mudança na malha da América do Sul é o fim dos voos da Tam entre São Paulo e Bogotá em setembro. A partir daí somente a LAN Colombia operará a rota Bogotá - São Paulo com o Boeing 737-700 e posteriormente com o A320.
segunda-feira, 30 de julho de 2012

AA terá primeira classe e executiva nos A321

Os Airbus A321 da Tam levam 220 passageiros, enquanto os da American Airlines levarão apenas 102. Essa diferença se deve ao fato de que os A321 da Tam possuem apenas classe economica, enquanto os da American irão oferecer primeira classe, executiva e economica. A companhia será a primeira do mundo a oferecer assentos totalmente reclinaveis num A321. A primeira classe contará com 10 assentos numa configuração de 1-1 e serão totalmente reclinaveis, além de espaço para trabalhar. A classe executiva terá 20 assentos também totalmente reclinaveis numa configuração 2-2. A classe economica terá uma configuração 3-3 com 36 assentos com maior espaço entre as poltronas e outros 36 assentos com distância padrão. Os A321 também contarão com telas individuais para entretenimento em todas as classes, wi-fi, tomada universal com 110 volts e entradas para USB.
Além dos A321, a American Airlines encomendou A319, Boeing 777-300ER e mais Boeing 737-800 para a renovação da frota, onde serão aposentados os MD-80 e parte dos Boeing 757-200. Os A321 que terão três classes irão justamente substituir os B757 nas rotas transcontinentais.
Um dos primeiros destinos do novo B777-300ER da American Airlines será na rota para São Paulo, atualmente as rotas para América Latina tem sido uma das mais lucrativas para as companhias norte-americanas.
A American encontra-se hoje em concordata e há rumores de uma fusão com a US Airways e o lançamento de um novo logo e pintura.
quinta-feira, 19 de julho de 2012

Qatar é a melhor companhia aérea do mundo em 2012

A Skytrax elege as melhores companhia aéreas do mundo todos os anos através de uma grande pesquisa com os passageiros que abrange mais de duzentas companhias em todo o mundo e 18 milhões de entrevistados. A Qatar Airways foi eleita pela segunda vez seguida, seguida pela Asiana e Singapore. Veja a baixo as melhores companhias de 2012 em várias categorias:


As Melhores da América do Norte: 1) Air Canada, 2) Delta, 3) United
As Melhores da América do Sul: 1) Tam, 2) Lan, 3) Azul
As Melhores da Europa: 1) Turkish Airlines, 2) Lufthansa, 3) Swiss
As Melhores da África: 1) South African Airways, 2) Kuala, 3) Air Mauritius
As Melhores da Ásia: 1) Asiana Airlines, 2) Singapore Airlines, 3) Cathay Pacific
As Melhores do Oriente Médio: 1) Qatar Airways, 2) Etihad Airways, 3) Emirates
As Melhores da Oceania: 1) Virgin Australia, 2) Qantas, 3) Air New Zealand





As Melhores do Mundo:
  1. Qatar Airways
  2. Asiana Airlines
  3. Singapore Airlines
  4. Cathay Pacific
  5. ANA
  6. Etihad Airways
  7. Turkish Airlines
  8. Emirates
  9. Thai Airways
  10. Malaysia Airlines
  11. Garuda Indonesia
  12. Virgin Australia
  13. EVA Air
  14. Lufthansa
  15. Qantas
  16. Korean Air
  17. Air New Zealand
  18. Swiss
  19. Air Canada
  20. Hainan Airlines
  21. Dragonair
  22. AirAsia
  23. Oman Air
  24. Aegean Airlines
  25. South African Airways
  26. Virgin America
  27. Bangkok Airways
  28. British Airways
  29. China Southern
  30. Jetstar Airways
  31. Finnair
  32. Tam
  33. China Airlines
  34. KLM
  35. JAL
  36. SilkAir
  37. Air China
  38. Lan
  39. Austrian
  40. Air Asia X
  41. EasyJet
  42. Taca
  43. Westjet
  44. China Eastern
  45. Hong Kong Airlines
  46. Jetstar Asia
  47. Vietnam Airlines
  48. Air France
  49. Alaska Airlines
  50. Virgin Atlantic
As Melhores Low Cost, Low Fare do Mundo:
  1. AirAsia
  2. Virgin America
  3. Jetstar Airways
  4. AirAsiaX
  5. EasyJet
  6. WestJet
  7. Jetstar Asia
  8. Southwest Airlines
  9. Azul
  10. Indigo Airlines

As Melhores Regionais do Mundo:
  1. Garuda Indonesia
  2. Dragonair
  3. Aegean Airlines
  4. Bangkok Airways
  5. SilkAir
  6. Alaska Airlines
  7. JetBlue
  8. American Eagle
  9. Copa
  10. Air Nostrum
Melhor Entretenimento de Bordo:
1) Emirates
2) Cathay Pacific
3) Singapore Airlines
4) Qatar Airways
5) Virgin Atlantic Airways


Melhor Primeira Classe:
1) Etihad Airways
2) Singapore Airlines
3)ANA
4) Cathay Pacific
5) Emirates


Melhor Classe Econômica Premium:
1) Qantas
2) Turkish Airlines
3) Air New Zealand
4) ANA
5) British Airways
Melhor Tripulação:
1) Malaysia Airlines
2) Asiana Airlines
3) EVA Air
4) Singapore Airlines
5) ANA
 Melhor Classe Executiva:
1) Cathay Pacific
2) Qatar Airways
3) Oman Air
4) Singapore Airlines
5) Ethiad Airways

Melhor Classe Econômica:
1) Singapore Airlines
2) Qatar Airwyas
3) Asiana Airlines
4) Grauda Indonesia
5) ANA



terça-feira, 17 de julho de 2012

Tam Cargo recebe a primeira aeronave puramente cargueira

Neste mês chegou ao Brasil o quarto Boeing 767-300F da Absa Cargo, porém ele veio com a pintura da Tam Cargo. Com a criação da Latam, a Absa Cargo e a Tam Cargo agora pertencem ao mesmo grupo. Apesar de transportar o maior volume de carga aérea no Brasil a Tam Cargo nunca teve uma aeronave puramente cargueira, ela apenas usava os porões das aeronaves de passageiros da Tam. Com a criação da Latam a Tam Cargo deverá crescer bastante, pois o grupo Lan é forte no setor de cargas atuando com uma frota de Boeings 767F e 777F e uma extensiva malha, principalmente na América Latina e Estados Unidos.
quarta-feira, 11 de julho de 2012

Gol reformula sua malha internacional


A Gol anunciou hoje a reformulação das suas rotas internacionais. Após cancelar as rotas para Bogotá e Santiago, a companhia anunciou que irá voar diretamente e diariamente entre São Paulo, Montevidéu, Assunção e Santa Cruz de La Sierra. Os voos para Montevidéu atualmente são operados via Porto Alegre, os para Assunção via Curitiba e para Santa Cruz de La Sierra via Campo Grande.
A malha para a Argentina foi ampliada com a nova rota Campinas - Curituba - Buenos Aires e as frequências entre Buenos Aires e Porto Alegre foram dobradas.
Em relação aos voos para Miami, a Gol parece ter desistido de operar-lo com escala em Caracas. Provavelmente a companhia fará uma escala dentro do Brasil. Porém a companhia já iniciou voos não regulares para a Flórida exclusivamente para os seus clientes do Smiles. Inclusive o Boeing 737-800 que faz o voo está com uma pintura especial do Smiles.
sexta-feira, 6 de julho de 2012

Pluna suspende todas as operações



A Pluna suspendeu ontem todas as operações por tempo indeterminado. A companhia vinha enfrentando uma crise financeira depois que o seu principal sócio parou de financiar a empresa e transferiu suas ações para o governo uruguaio. A companhia também vinha enfrentando uma greve de funcionários, o que piorou ainda mais a situação da empresa.
O governo uruguaio deu um prazo de 30 dias para o Jazz (outra sócia da empresa) decidir se compra ou não o controle da companhia.
sexta-feira, 22 de junho de 2012

Novas alianças




Ontem a Avianca, Taca e Copa entraram oficialmente na Star Alliance. Assim a maior aliança global de companhia aéreas garante a sua presença na América do Sul ao passo que fica mais distante a possibilidade da Tam permanecer na aliança após a fusão com a Lan. Por enquanto a Avianca Brasil não fará parte da aliança.



Enquanto isso a Gol anunciou mais um parceiro para o Smiles; a Qatar Airways. A companhia voa regularmente entre São Paulo e Doha e desde o ano passado tem um acordo de compartilhamento de voos com a Gol.
quarta-feira, 20 de junho de 2012

Avianca deverá receber mais oito aeronaves ainda esse ano

O presidente da Avianca Brasil anunciou a vinda de oito aeronaves para a frota da empresa ainda esse ano. Além dos cinco A318 que já estavam previstos, deverão chegar mais um A319 em julho e dois A320 em setembro e outubro. Ainda segundo o presidente, os Fokker 100 continuarão na frota até pelo menos 2014, quando será analisado a aposentadoria definitiva desse modelo.
Com as novas aeronaves a companhia deverá iniciar as rotas Rio de Janeiro - Maceió e Brasília - Maceió, além de aumentar as frequências para os destinos já atendidos.
segunda-feira, 18 de junho de 2012

LATAM com novas frequencias internacionais


Em maio a Tam havia pedido à ANAC mais quinze frequências para os EUA, três para Alemanha e duas para a França. Especula-se que as frequencias serão alocadas para realizar um voo diário entre o Rio de Janeiro e Orlando, além de aumentar as frequencias para Miami e Nova York. Aliás os novos Boeing 777-300ER que a Tam irá receber esse ano deverão ir para as rotas São Paulo - EUA e liberar alguns Airbus A330-200 para os novos voos. Outra possível mudança é na rota Rio - Miami, atualmente operada com o Boeing 767-300ER e seria substituido pelo A330. Na malha para Europa, as rotas Rio - Frankfurt e Rio - Paris deverão se tornar diárias.
Na América do Sul a Tam deverá adicionar a terceira frequencia diária entre o Rio de Janeiro e Buenos Aires com o A320, enquanto a Lan Colombia iniciará voos entre São Paulo e Bogotá com o Boeing 737-700. A Lan pretende tornar essa rota diária e substituir o B737 pelo A320 ainda esse ano.
sexta-feira, 15 de junho de 2012

Gol deixará de voar para Santiago


A Gol anunciou ontem que deixará de voar regularmente para Santiago a partir do dia de 3 outubro. A companhia afirma que a decisão de baseou em critérios financeiros, devido à baixa rentabilidade da operação. Após obter um prejuízo expressivo a Gol iniciou um plano de redução de custos. A companhia demitiu funcionários, diminuiu o serviço de bordo gratuito, reduzirá a oferta doméstica em 2% em relação a 2011 e começará a cobrar pela marcação de assentos em tarifas mais baratas.

terça-feira, 5 de junho de 2012

Etihad Airways quer voar para São Paulo

A Etihad Airways anunciou a intenção de voar para o Brasil a partir de junho de 2013. A companhia pretende realizar voos diários entre São Paulo e Abu Dhabi, que durarão de 14 à 15 horas. As possíveis aeronaves são o A340-500, A340-600 ou Boeing 777-300ER.
A companhia foi fundada em 2003 nos Emirados Árabes Unidos, mesmo país da Emirates. A companhia possui um frota de 65 aeronaves e atende mais de 80 destinos em todo o mundo. A Etihad Airways foi escolhida como a Melhor Primeira Classe do Mundo em 2010. A primeira classe possui doze suítes individuais, que podem ser fechadas com portas em couro. A poltrona se transforma em uma cama de 2 metros de comprimento e 73 centímetros de largura e tem um mini bar, TV de 23 polegadas, mesa para refeições e trabalho, armário com espelho e entretenimento com mais de 600 horas de filmes, programas, rádio e jogos.

Atualização 3/6/2013
No dia 1º de junho aconteceu o primeiro voo da Etihad para o Brasil. O voo é operado com o Airbus A340-500.
segunda-feira, 28 de maio de 2012

Mais uma fusão ?

Segundo a revista Exame, a Azul estaria interessada em se fundir com a Trip. Atualmente a Azul é a terceira maior companhia aérea do Brasil e a Trip é a maior regional da América do Sul. Juntas as duas terão quase 15% de participação no mercado nacional (RPK). Os atuais donos da Trip terão 20% da nova empresa, enquanto os da Azul terão 80%. A marca Trip deverá ser extinta e todos os voos serão operados com a marca Azul. Pesou para a decisão o fato das duas companhias operarem os mesmos tipos de aeronave - ATR e E-Jets.
Ainda segundo a revista, a conversa entre as duas empresas é antiga e vai de encontro com a estratégia da Azul de se expandir no mercado regional, visto que é difícil brigar com a Gol e a Tam nas grandes cidades. A própria Tam havia demonstrado interesse em comprar uma fatia da Trip como forma de se expandir no mercado regional.

Atualização: 01/07/2012
A fusão foi confirmada pelas duas companhias e os atuais donos da Trip terão 1/3 da nova companhia. As duas empresas continuarão a operar independentemente até a aprovação das autoridades.
terça-feira, 22 de maio de 2012

Passaredo recebe seu primeiro ATR-72-600

Passaredo anuncia a ampliação da frota com aviões turboélices
 A Passaredo recebeu hoje na França o seu primeiro ATR-72-600. A companhia pretende receber 34 (10 opções) unidades desse modelo até 2015. Enquanto novas unidades não chegam, a companhia também negociou diretamente com a ATR a vinda de dois ATR-72-500. Segundo a empresa os ERJ-145 continuarão na frota e atenderão rotas de média e longa distância, enquanto os ATRs servirão rotas de menor distância.
Passaredo é a segunda maior regional do Brasil e possui um amplo acordo de Code-Share com a Gol.
sexta-feira, 18 de maio de 2012

NHT deverá ter novo dono

O grupo catarinense Acauã anunciou hoje que pretende comprar a NHT Linhas Aéreas. A companhia regional opera na região sul do país e iniciou operações em agosto de 2006 com duas aeronaves LET 410. Hoje a companhia possui uma frota de seis LET 410 e atende dezesseis destinos incluindo o aeroporto de Congonhas. O grupo pretende investir US$ 14 milhões na companhia ampliando o número de destinos e aumentando a frota em mais quatro aeronaves até o fim desse ano. A intensão é que a NHT atenda mais oito cidades além de ampliar os voos na região sul e avançar para o sul de Goiás e Mato Grosso do Sul. As aeronaves cogitadas para ampliar a frota são o EMB-110, EMB-120 e ATR-42.
A operação ainda depende da aprovação da ANAC.
quinta-feira, 26 de abril de 2012

Boeing entrega o primeiro Boeing 747-8I

A Boeing anunciou hoje a entrega do primeiro Boeing 747-8 na versão para passageiros, conhecido como Boeing 747-8I (Intercontinental), para a Lufthansa. O novo B747-8I deverá pousar em Frankfurt no dia 2 de maio, onde será feita uma celebração para marcar a sua chegada. A aeronave está configurada para 362 assentos em três classes (8+92+262) e deverá estar operando regularmente em junho desse ano.
http://747-8.lufthansa.com

segunda-feira, 16 de abril de 2012

Tam anuncia Code-Share com AeroMexico

A Tam anunciou hoje que assinou um acordo de Code-Share com a AeroMexico a partir de 23 de abril. Os passageiros da Tam poderão fazer conexão na Cidade do México para qualquer destino operado pela AeroMexico naquele aeroporto, enquanto os passageiros da AeroMexico poderão fazer conexão em São Paulo para qualquer destino operado pela Tam. Além do Grupo LAN, que faz parte da OneWorld, a AeroMexico (da SkyTeam) é a única companhia que não faz parte da Star Alliance a ter Code-Share com a Tam.
sexta-feira, 13 de abril de 2012

Gol: Só água gratuita em vôos com serviço de bordo pago

Como parte do plano de cortar custos, a Gol anunciou que deixará de oferecer serviço de bordo gratuito na maior parte dos voos  com duração superior a 1 hora e 15 minutos. Nesses voos será oferecido somente o serviço de bordo pago, que foi introduzido na companhia em junho de 2009. A água será o único item gratuito nesses voos.
Além da Gol, a WebJet também adota o serviço de bordo pago em seus voos desde novembro de 2010.
segunda-feira, 2 de abril de 2012

Aerosur encerra operações


A Aerosur encerrou nesse final de semana todas as suas operações. A empresa foi fundada em 1992 e passou a ser a maior companhia aérea boliviana depois da falência da LAB. A companhia mantinha voos para cerca de 20 destinos, incluindo São Paulo. Comenta-se que a empresa entrou em sérias dificuldades financeiras depois que foi criada a companhia estatal BOA.

Atualização 04/04/2012:
O site da companhia Aerosur voltou ao ar e a companhia continua vendendo passagens normalmente. O único destino indisponível é Madrid. A Aerosur admitiu estar passando por uma crise financeira e ter uma dívida superior a US$ 210 milhões, mas que continuará operando.
segunda-feira, 26 de março de 2012

Avianca lança novo website

A Avianca lançou nesse final de semana o seu novo site, com muito mais informações e ações interativas. Atualmente a companhia é a quinta maior companhia aérea brasileira e iniciou uma expansão mais agressiva no ano passado, após ficar estagnada por vários meses enquanto o mercado doméstico brasileiro crescia mais de 10% ao mês. Nesse ano a companhia deverá recebe pelo menos mais cinco A318.
sexta-feira, 16 de março de 2012

Boeing estuda lançar novas versões do 777

Com a chegada do A350 cada vez mais próxima, a Boeing já estuda novas versões do seu sucesso de vendas, o Boeing 777. Atualmente o Boeing 777 é o líder de vendas na sua categoria e desbancou o Airbus A340. Porém o projeto do 777 vem da década de 90, enquanto o A350 incorporará as últimas tecnologias. A Boeing então estuda se é melhor lançar uma aeronave totalmente nova ou atualizar os atuais 777s. A principio a fabricante estaria mais interessada em lançar novas versões ainda esse ano que substituiriam os atuais Boeing 777-200ER, Boeing 777-200LR e Boeing 777-300ER.
O Boeing 777-8X seria o substituto do Boeing 777-200ER e teria uma fuselagem um pouco maior que o seu antecessor, podendo acomodar 353 passageiros em três classes. O Boeing 777-8LX seria uma versão de longo alcance para substituir o Boeing 777-200LR e seria capaz de voar ainda mais longe (17550 km) graças às melhorias na fuselagem. E o Boeing 777-9X seria o substituto do Boeing 777-300ER e também teria a fuselagem um pouco maior que o antecessor, podendo acomodar 407 passageiros em três classes. O 777-9X apresentaria uma melhora em 21% no consumo de combustível por assento em relação ao Boeing 777-300ER. Outra vantagem é que a nova geração da Família B777 manteria 60% de comunalidade com os 777s anteriores.
Os novos motores seriam os GE9X da General Electric, porém a Rolls-Royce já trabalha em um novo motor para a nova geração do Boeing 777, batizado de RB3025.
A Boeing também estuda lançar uma versão maior do Boeing 787, conhecida como Boeing 787-10 – com capacidade entre o Boeing 787-9 e o Boeing 777-8X.
Enquanto isso a Airbus está estudando a possibilidade de lançar o Airbus A330neo. A fabricante não está pesando em novos motores, mas em adicionar os Sharklet (um tipo de Winglets), para diminuir o consumo de combustível. Com isso a Airbus planeja prolongar a vida do A330 até a chegada do A350.
sábado, 3 de março de 2012

Gol anuncia voos para os Estados Unidos

A Gol anunciou no dia 1 de março que está estudando o inicio de voos para os EUA. A companhia já pediu para a ANAC quatorze frequências semanais para os EUA e sete para a Venezuela. Segundo a empresa os voos deverão começar em seis meses e serão operados com aeronaves Boeing 737NG, mantendo as mesmas configurações e não havendo previsão para um novo modelo de maior porte. Porém há especulações de que a Gol esteja interessada em adquirir aeronaves Boeing 787. Também ainda não está definido se a nova rota será operada com a marca Varig e qual ou quais cidades nos EUA serão atendidas pela companhia. A principal motivação para a Gol lançar voos para os EUA foi o recente acordo com a Delta, que comprou aproximadamente 3% da companhia e anunciou um acordo de Code-Share entre o Brasil e os EUA. Os destinos mais prováveis da Gol para os EUA são Miami, Orlando e Nova York. A Delta possui voos para o Brasil partindo de Altanta, Nova York e Detroit e esses também poderiam ser escolhidos pela Gol. Já que a companhia pretende utilizar aeronaves Boeing 737, os voos dificilmente serão diretos de São Paulo ou Rio de Janeiro, provavelmente farão escalas em Caracas, na Venezuela onde a Gol já voa e pediu mais sete frequências. Outras possibilidades de escala são em Manaus, Belém ou capitais do nordeste como Fortaleza, Recife e Natal.
sexta-feira, 10 de fevereiro de 2012

Avianca Brasil deixa de realizar voos internacionais

photo
No dia 27 de fevereiro a Avianca Brasil deixará de fazer o seu único voo internacional entre São Paulo e Bogotá. Os voos internacionais para o Brasil passarão a ser realizados somente pela Avianca (Colômbia) e Taca Peru. Segundo o vice-presidente da companhia, Tarcíso Gargioni, a Avianca Brasil irá se concentrar somente em voos nacionais. O A319 que realiza o voo internacional, deverá fazer a rota São Paulo - Rio de Janeiro - Brasília - Salvador a partir de março.
sexta-feira, 3 de fevereiro de 2012

Variglog suspende operações

Click here for full size photo!
Com sucessivos prejuízos, a Varig Log decidiu suspender suas operações. A empresa pretende realizar uma assembleia de credores para elaborar um novo plano de reestruturação. A VarigLog chegou a ser a maior companhia cargueira da América Latina e era o braço cargueiro do Grupo Varig. A empresa foi vendida em 2005 para a Volo Brasil e entrou em recuperação judicial em 2009. Mesmo após ter sido vendida, a companhia nunca conseguiu se recuperar da crise financeira iniciada com a crise da empresa-mãe Varig.

OneWorld perde uma, mas ganha outra

A Malev, principal companhia da Hungria, anunciou hoje que encerrará todas as operações assim como a Spanair. Com constantes prejuízos, a companhia vinha diminuindo a frota e tentando ser privatizada, porém sem sucesso. A tradicional companhia européia tinha 66 anos de vida e faz parte da aliança OneWorld.
Por outro lado a OneWorld irá ganhar a segunda maior companhia aérea da Alemanha, a Air Berlin. A entrada oficial será dia 20 de março.
A entrada da Air Berlin pode ser uma vantagem na briga com a Star Alliance pela LATAM. Um dos vôos de maior demanda da Tam é para Frankfurt graças ao Code-Share que a companhia tem com a Lufthansa, sua parceira da Star Alliance.
sexta-feira, 27 de janeiro de 2012

Spanair encerra suas atividades

A Spanair anunciou que a partir de hoje (27 de janeiro) todas as suas operações estão encerradas. A companhia informa que fez um acordo com a Iberia, Vueling e Air Europa para bilhetes a uma taxa especial para seus passageiros nos próximos três meses.
A companhia estava com dificuldades financeiras após sucessivos prejuízos. A Qatar Airways tinha intenção de comparar 49% da companhia, mas a negociação não deu certo e o governo de Barcelona não estaria mais disposto a injetar recursos na companhia.
Spanair faz parte da Star Alliance e tem um acordo de Code-Share com a Tam. A companhia chegou a voar com aeronave própria para o Brasil em 1997, hoje a companhia possui um acordo de Code-Share com a Singapore entre São Paulo e Barcelona.
quinta-feira, 26 de janeiro de 2012

Participação no Mercado 2011 - Análise

NACIONAL
2011
2010
Companhia
Participação
Ocupação
Participação
Ocupação
Tam
41,2%
68%
42,8%
67%
Gol
37,4%
68%
39,6%
67%
Azul
8,5%
81%
6,0%
83%
WebJet
5,5%
75%
5,8%
76%
Trip
3,2%
65%
2,1%
61%
Avianca
3,1%
79%
2,6%
74%
Passaredo
0,7%
67%
0,6%
66%
MERCADO (2011):   Crescimento: 15%   Ocupação média: 70%

Desde 2009 o mercado nacional de aviação brasileiro tem crescido duas casas decimais ao ano, superando o crescimento de países como a China e a Índia. E em 2011 não foi diferente, as companhias brasileiras aumentaram a oferta em 12,94% e a demanda aumentou em 15,72%. Com a demanda aumentando mais que a oferta a ocupação média no mercado aumentou de 68,50% para 70,18%, o que é alto se comparado a outros mercados como EUA e Europa. A ocupação média alta mostra que o mercado brasileiro está em plena expansão. Com toda essa expansão os aeroportos estão cada vez mais saturados e a saída encontrada pelo governo foi privatizar o Aeroporto Internacional da Guarulhos (o mais movimentado do país), o Aeroporto Internacional Juscelino Kubitschek - Brasília (o terceiro mais movimentado) e do Aeroporto Internacional de Viracopos - Campinas (um dos aeroporto que mais cresceu nos últimos anos).

TAM: A Tam perdeu 1,57 ponto percentual de mercado e isso se deveu ao avanço de companhias menores como a Trip, Avianca e principalmente a Azul. Porém companhia se distanciou da Gol, a sua principal concorrente que inclusive foi a líder do mercado em alguns meses desse ano. A diferença entre a  Tam e a  Gol  aumentou em 0,69 ponto percentual em 2011. A ocupação média da companhia continua abaixo da do mercado e ligeiramente menor do que a da  Gol.
Em 2011 a  Tam aumentou a oferta de assentos por quilometro em 9,54% e registrou um amento de demanda de 11,48% - menos que a média do mercado nos dois casos. O aumento da oferta na  Tam se deveu principalmente pela ampliação do Code-Share com a  Trip e dos slots adquiridos com a compra da Pantanal. Nesse ano a  Tam aposentou os turbo-hélice da Pantanal e abandonou as rotas regionais operadas por essas aeronaves. O grande ganho da  Tam com a compra da Pantanal foram os slots no Aeroporto de Congonhas, o que permitiu a companhia a reforçar os seus vôos no aeroporto mais disputado do país.


GOL: Gol chegou a ultrapassar a Tam no mercado nacional em fevereiro e agosto desse ano, mas continua na vice-liderança e perdeu mais participação do que a Tam em 2011. A  Gol fechou o ano com menos 2,26 pontos percentuais no mercado que foi para as companhias menores como  Azul, AviancaTrip. Porém a  Gol conta com uma grande parceira esse ano - a WebJet que foi comprada em julho. Com a  WebJet a  Gol vai para 42,91% do mercado ultrapassando a  Tam. A  WebJet também é um importante reforço nos slots da  Gol nos aeroportos de  Congonhas e Santos Dumont, que estão saturados e não podem receber novos vôos. Além da compra da  WebJet, a Gol ampliou o seu acordo de Code-Share com a Passaredo. A ocupação média da Gol vem se recuperando desde a fusão da malha da Varig e da Gol e apesar de ter crescido quase 2 pontos percentuais nesse ano, ainda está abaixo da média do mercado.


AZUL: Azul é a companhia que mais cresceu no mercado brasileiro nos últimos dois anos, porém quem mais aumentou a oferta de assentos por quilometro nesse ano foi a regional Sete Linhas Aéreas. A Sete aumentou em 73,58% a oferta graças ampliação da frota com os EMB-120. A  Azul ficou em segundo lugar com um aumento de 68,71%. Pelo lado da demanda, quem registrou a maior alta foi a Trip e a Azul ficou em terceiro lugar (com 64,21%), atrás da Sete. No entanto no quesito participação no mercado a Azul foi a de longe que mais aumentou a sua fatia chegando a 8,56% do mercado nacional, um aumento de 2,53 pontos percentuais. Isso se deveu em parte à ocupação média da empresa que registrou uma pequena queda de 2010 para 2011, mas fechou com 81,46% - a segunda maior do mercado, atrás da Total com 84,52%. A alta ocupação faz parte da estratégia da companhia - pessoas que ainda não voaram pela empresa são atraídos pelos preços baixíssimos e se satisfeitos com o serviço fazem propaganda da companhia para seus amigos e familiares.


WEBJET: Das pequenas como AzulAviancaPassaredo e Trip, a WebJet foi a que menos cresceu e a única desse grupo que obteve um aumento de oferta e demanda por quilometro menor do que a média do mercado. Porém a companhia continua situada na quarta posição do mercado nacional, após ter perdido o posto de terceira maior para a Azul no ano passado.  A ocupação média da companhia também sofreu uma queda de 1,46 pontos percentuais. O fato é que a companha recebeu apenas uma aeronave durante o ano, um Boeing 737-300. Somente em dezembro a companhia recebeu a segunda aeronave do ano - um Boeing 737-800 que iniciou a renovação e ampliação da frota após a compra pela Gol.


TRIP: Trip é a maior regional da América do Sul e agora é a quinta maior companhia do Brasil, após ter ultrapassado a Avianca nesse ano. A frota da companhia é a terceira maior do Brasil com mais de 50 aeronaves da Embraer e da ATR. Aliás, a companhia está preste a se tornar a maior operadora de aeronaves ATR do mundo, posto hoje ocupado pela American Eagle. A companhia registrou um aumento na oferta de assentos por quilometro de 63,13% e um aumento na demanda de 74,41%, o que gerou um aumento na ocupação média da companhia em mais de 4 pontos percentuais. Porém a ocupação da companhia continua abaixo da média do mercado; 65,17%. No entanto ao compararmos só com as companhias regionais, a  Trip apresentou a segunda maior ocupação, só perdendo para a  Passaredo.
Em 2011 a companhia recebeu a maior aeronave já operada pela companhia, o E-190, e ampliou ainda mais a malha, que atende quase 90 destinos nacionais!


AVIANCA: Depois de um bom tempo estagnada e de ser ultrapassada pela Azul e Trip, a companhia começou uma expansão mais condizente com a taxa de crescimento do mercado de aviação comercial brasileiro. A companhia anunciou a renovação e ampliação da frota com aeronaves Airbus A318, A319 e A320 e continuou apostando no conforto para atrair os passageiros. O seu A319 leva 132 passageiros enquanto a mesma aeronave A319 da Tam leva 144. Com a expansão a frota da companhia saiu de 17 para 26 aeronaves e como resultado a oferta e a demanda aumentaram acima da média do mercado; 32,04% e 40,84% respectivamente. Além disso a ocupação média da companhia também aumentou, chegando quase a 80%.


PASSAREDO: Junto com a Azul e a Trip, a Passaredo vem apresentando grandes taxas de crescimento nos últimos anos. Mas esse ano a companhia diminuiu um pouco o ritmo, apesar de ter crescido acima da média do mercado. A companhia iniciou uma grande expansão em 2008, quando iniciou a substituição dos seus seis EMB-120 por jatos e hoje a companhia opera somente com jatos ERJ-145. Nesse ano a companhia também ampliou o seu acordo com a Gol, o que ajudou no aumento de passageiros.



INTERNACIONAL
2011
2010
Companhia
Participação
Ocupação
Participação
Ocupação
Tam 88,1% 81% 86,8% 79%
Gol 10,6% 62% 12,9% 60%
Avianca 1,2% 74% 0,1% 58%
MERCADO (2011):   Crescimento: 11%   Ocupação média: 78%

Desde a falência da antiga Varig, as companhia brasileiras (principalmente a Tam) vem lentamente recuperando o espaço perdido para as estrangeiras. Porém as companhias brasileiras representam apenas 1/3 do mercado internacional. Em 2010 as companhias brasileiras obtiveram apenas 35,22% do mercado, enquanto as estrangeiras ficaram com 64,78%. Em 2005 (quando a antiga  Varig ainda tinha uma malha internacional considerável) a participação das brasileiras era de 43,95%. Com o colapso da  Varig outras companhias como a Bra e OceanAir entraram no mercado internacional levando pessoas a crerem que o mercado iria ter mais concorrência do lado das brasileiras. No entanto não foi isso o que aconteceu, na verdade o mercado ficou ainda mais concentrado. Agora o mercado internacional no lado das brasileiras está nas mãos da  Tam que domina quase 90% do mercado. Na época da  Varig ela tinha concorrentes brasileiras em vôos longa distância como própria Tam, Vasp e Transbrasil, enquanto hoje em dia a Tam é a única companhia brasileira que possui voos de longa distância.

TAM: Tam é a líder absoluta do mercado internacional e foi a companhia que mais cresceu nesse mercado (sem contar a Avianca Brasil, que em 2010 só operou em novembro e dezembro no mercado internacional). A empresa aumentou a oferta de assentos por quilometro em 10,06% e obteve um aumento na demanda de 12,71%, ambos maiores que a média do mercado. Em 2011 a companhia inaugurou vôos para a Cidade do México, recebeu dois novos A330 e aposentou os A340. Grande parte do aumento do número de passageiros foram os Code-Share com companhias que fazem parte da Star Alliance e com o Grupo Lan. Aliás, a fusão entre a Tam e a Lan deverá dar uma "turbinada" na expansão internacional da Tam. A ocupação da Tam no mercado internacional também aumentou e é a maior disparado dentre as companhias brasileiras.


GOL: O ano de 2011 foi marcado por mais um encolhimento da Gol no mercado internacional. A companhia que já chegou a ter 43% do mercado internacional com a nova Varig chegou em 2011 com apenas 10%. Com o fim dos voo de longo curso da nova Varig, a com conta somente com aeronaves Boeing 737 e está limitada a oferecer voos internacionais dentro da América do Sul e para o Caribe. Nesse ano a ampliação da malha internacional ficou com o Caribe, onde a Gol voa diretamente de São Paulo para Barbados e desde Caracas para Aruba, Curaçau e Punta Cana - aliás, esses são os únicos voos que ainda são operados com a marca Varig. Outra novidade da companhia foi rota ligando Porto Alegre à Santiago do Chile. Porém a Gol teve uma perda importante no mercado internacional que foi o fim dos vôos para Bogotá. O motivo foi a forte concorrência. A Gol herdou essa rota da antiga Varig e em 2007 só tinha a Avianca (Colômbia) como concorrente. Porém em 2010 e 2011 a Tam e a  Avianca Brasil também começaram a fazer a rota. Houve ainda o vulcão chileno que afetou voos para Argentina, Chile e Uruguai e como a Gol operar internacionalmente só na América do Sul e Caribe, a companhia foi bastante afetada. A Gol registrou uma redução da oferta de 11,93% e uma retração na demanda de 8,98%. A ocupação da companhia registrou um aumento de aproximadamente 2 pontos percentuais.


AVIANCA: Avianca Brasil começou a operar voos internacionais regulares em novembro de 2010. O único destino internacional da companhia é Bogotá, o HUB da sua empresa-mãe Avianca (Colômbia). A partir de Bogotá os passageiros podem ir para vários destinos na América Latina, Estados Unidos e Europa através da malha internacional da Avianca (Colômbia). 

As mais lidas do ano passado

As mais lidas

Populares

Postagem em destaque

Os Boeing que não existiram

Na industria da aviação comercial é muito comum aeronaves que ficaram só no papel. Todas as fabricantes possuem modelos que não deram certo ...

Sobre Nós

Minha foto
O site AviaçãoComercial.net foi criado em agosto de 2009, a partir do site FSDownload.net (lançado em 2004). O site www.aviacaocomercial.net é dedicado a aviação comercial brasileira e mundial, com informações sobre aeronaves, companhias aéreas, dados e etc. O Blog de Notícias se dedica a informar aos visitantes as últimas notícias da aviação comercial brasileira e os principais acontecimentos da aviação comercial mundial.

Arquivo

Últimas Postagens