Busca interna

quinta-feira, 12 de maio de 2022

Avianca e Gol anunciam a criação do Grupo Abra

A Avianca e a Gol anunciaram no dia 11 de maio um acordo para criar uma holding "Abra Group" (Grupo Abra) que irá controlar as duas companhias aéreas. A Avianca e a Gol continuarão operando de forma independente e mantendo suas respectivas marcas e culturas. O objetivo da holding é conseguir sinergias. O Grupo Abra também deterá participação acionária na companhia aérea Viva (Colômbia e Peru) e na Sky (Chile). O fechamento do acordo ainda está sujeito ao cumprimento de condições e aprovação dos órgãos reguladores.


Quais são as vantagens para as duas companhias?
O beneficio mais óbvio e importante sãos as sinergias, com potencial de diminuir os custos das duas empresas. Ao fazer parte do mesmo grupo, as duas companhias vão se beneficiar de uma malha maior, maior quantidade de voos e mais destinos. Outro ponto importante é a economia de escala, ou seja, ao negociar uma encomenda de aeronaves, por exemplo, se as duas empresas fizerem a encomenda juntas, elas terão mais poder de barganha com as fabricantes. Se uma empresa faz uma encomenda para 100 aeronaves, naturalmente conseguirá um preço por aeronave melhor do que uma encomenda para 30 aeronaves. Essa mesma lógica pode ser replicada para outros exemplos como motores, peças, lessors, entre outros. 

Todo esse esforço para economizar custos e se tornar mais eficiente é fundamental num mercado tão competitivo como a aviação comercial, onde as margens são pequenas. Nos últimos anos o setor passou por diversas fusões e aquisições, resultando em grandes grupos aéreos. Nos EUA as três maiores American, Delta e United absorveram antigas gigantes como USAirNWA e Continental. Na Europa as companhias se combinaram em grupos como Air France-KLM, IAG e Lufthansa Group. Na América Latina a absorção da Taca pela Avianca e a criação do Grupo Latam também foram movimentos no sentido de consolidação do mercado. A união da Avianca e Gol permitirá que as duas empresas tenham mais força para competir com grupos cada vez maiores.


Pontos positivos do acordo

  • >Preço: Juntas as companhias vão conseguir oferecer preços mais competitivos e ter maior capacidade para concorrer com os grandes grupos locais e globais.
  • >Malha Aérea: As companhias vão se beneficiar de uma malha mais abrangente e mais eficiente, uma vez que podem ser reformuladas para minimizar sobreposições.
  • >Expansão: As companhias poderão ser capazes de expandir seus voos para novos mercados, que sozinhas não conseguiriam, além de ter mais força para aumentar a presença em voos internacionais.
  • >Carga: As companhias vão ter a possibilidade de aumentar a presença no segmento cargueiro, combinando as frotas, malhas e estruturas.
  • >Novos produtos: Juntas as companhias terão maior estabilidade de longo prazo, e assim poderão desenvolver novos produtos de forma mais consistente e sustentável.


Desafios do acordo

  • >Frota: Apesar de terem uma frota combinada maior, a frota da Avianca é baseada em narrow-bodies Airbus e wide-bodies Boeing, enquanto a Gol usa a estratégia de frota uma única de Boeing 737. Uma frota padronizada apenas com narrow-bodies da Boeing ou apenas da Airbus geraria maiores ganhos de escala e sinergias. Por outro lado manter aeronaves de mais de uma fabricante, pode colocar maior pressão para descontos em encomendas futuras.
  • >Marcas: O modelo anunciado pela Avianca e Gol é mais parecido com o utilizado na Europa, onde as marcas permanecem operando de forma independente. É o oposto ao utilizado nos EUA e o que foi visto na própria América Latina recentemente, onde apenas uma marca sobrevive. Apesar de terem sido mantidas separadas no inicio, a Avianca acabou absorvendo a Taca, enquanto a Lan e a Tam decidiram unificar sob a marca Latam.
  • >Programa de fidelidade: Ao contrário da marca, a manutenção de mais de um programa de fidelidade é bem incomum. Após a união de companhias aéreas a tendência a unificação em apenas um programa de fidelidade para todas as empresas do grupo. A principio a Avianca e Gol anunciaram que seus programas de fidelidade permanecerão separados.
  • >AliançasAvianca e Gol também anunciaram que as companhias irão manter as alianças existentes. Porém algumas alianças podem causar conflitos de interesse, como por exemplo a parceira da Gol com a American e Air France-KLM e a da Avianca com a United e Lufthansa.



As mais lidas do ano passado

As mais lidas

Populares

Postagem em destaque

Os Boeing que não existiram

Na industria da aviação comercial é muito comum aeronaves que ficaram só no papel. Todas as fabricantes possuem modelos que não deram certo ...

Sobre Nós

Minha foto
O site AviaçãoComercial.net foi criado em agosto de 2009, a partir do site FSDownload.net (lançado em 2004). O site www.aviacaocomercial.net é dedicado a aviação comercial brasileira e mundial, com informações sobre aeronaves, companhias aéreas, dados e etc. O Blog de Notícias se dedica a informar aos visitantes as últimas notícias da aviação comercial brasileira e os principais acontecimentos da aviação comercial mundial.

Arquivo

Últimas Postagens