Busca interna

quarta-feira, 17 de julho de 2024

Últimas Postagens

 


 




terça-feira, 9 de julho de 2024
Como as pessoas viam o futuro da aviação comercial ao longo do tempo (parte 2)
Anos 1970 - Supersônicos VS Wide-bodies No final dos anos 1960 o domínio dos jatos já estava claro. Mas qual seria o futuro? Será que iríamos ver um B707 esticado para caber mais passageiros? E de fato a Boeing chegou a estudar isso, mas acabou descartando esse projeto para focar em algo totalmente novo, graças aos pedidos insistentes da Pan Am. "O 747 é o lançamento mais revolucionário e fascinante da indústria aeronáutica, aguardado com expectativa só comparável à dos vôos pioneiros de Charles Lindbergh ou Gago Coutinho. (...) O lançamento do Boeing 747 significa o nascimento de uma segunda era do jato." A reportagem da revista Veja, em janeiro de 1970, testemunhava a chegada de uma nova geração de jatos, os wide-bodies, ou seja, aeronaves com dois corredores. Isso significava fuselagens muito mais largas e muito mais espaço para os passageiros. (Leia Mais)

 



terça-feira, 9 de julho de 2024
Como as pessoas viam o futuro da aviação comercial ao longo do tempo (parte 1)
"Portanto, balões dirigíveis ou aeroplanos nunca poderão transportar senão pequenas cargas, e não marcharão senão com velocidades muito inferiores ás que têm sido supostas pelos poétas e pelos imaginativos." Essa frase foi a opinião de um jornalista, publicada em julho de 1901. Nessa época personalidades como Santos Dumont já haviam provado que era possível voar, através das suas invenções: balões e dirigíveis (balão com motor). Nessa altura começava a surgir uma outra invenção, o aeroplano. A disputa entre "o mais leve que o ar" (balões e dirigíveis) e o "mais pesado que o ar" (aeroplanos) - como era chamado na época - era o assunto entre os entusiastas da aviação. Ainda com um longo caminho para se desenvolver, os mais otimistas já conseguiam ver as vantagens dos aeroplanos, como maior velocidade e maior controlabilidade. (Leia Mais)

 



terça-feira, 4 de junho de 2024
Notícias rápidas - junho/2024
Base Aérea de Canoas, 2 Tap em Florianópolis, 3 Novo aeroporto em Lisboa, 4 A volta de Munich, 5 Expansão internacional da Gol, 6 Code-share Azul-Gol, 7 Grupo Abra investe na Wamos Air, 8 Total com mais um B737, 9 Air France em Salvador, 10 Expansão internacional  (Leia Mais)

  

 

quinta-feira, 2 de maio de 2024
Latam apresenta o novo interior da classe econômica do Boeing 787
O grupo Latam apresentou esse mês o novo interior para a cabine da classe econômica dos seus Boeing 787. Os assentos são de couro reciclado, com as cores da companhia. A Premium Economy tem os assentos predominantemente em azul, enquanto a classe econômica tem os assentos com o encosto em vermelho. Os assentos também estão equipados com conectividade Bluetooth para o uso de fones de ouvido e telas 12 polegadas de alta definição. O novo sistema de entretenimento oferece mais de 170 filmes, 550 episódios de TV, 100 álbuns de música e conteúdos do Max, Paramount+ e Disney+, além de um novo mapa 3D interativo da Panasonic’s Arc. (Leia Mais)

 

 

segunda-feira, 1 de abril de 2024
Notícias rápidas - abril/2024
1 TudoAzul agora é Azul Fidelidade, 2 Nova pintura da KLM, 3 Mais wide-bodies para a Azul, 4 Reforma em Congonhas, 5 Air China de volta, 6 Direto para Sydney, 7 Azul no Paraguai, 8 E-Jets Freighter  (Leia Mais)

 

 

sexta-feira, 26 de janeiro de 2024
Gol entra com pedido de recuperação judicial nos EUA
Seguindo os mesmos passos da Latam e Avianca, a Gol anunciou ontem a entrada voluntária com um pedido de Chapter 11 nos EUA - equivalente a um pedido de recuperação judicial. A empresa continuará operando normalmente, no entanto o processo permitirá que a Gol consiga a levantar capital e reestruturar as dívidas, que cresceram substancialmente durante a pandemia do COVID-19. Além de reestruturar suas finanças, a Gol também espera melhorar sua competividade assim como fizeram Latam e Avianca. As reduções de custos geradas pela bem-sucedida recuperação judicial (Chapter 11) fizeram com que a Latam alcançasse a liderança no mercado doméstico no Brasil, graças aos novos voos que puderam ser lançados com a sua nova estrutura de custos mais baixa. Já a Avianca, além do Chapter 11, passou por um profundo processo de mudança dos seus produtos e serviços, passando a operar como uma low cost, low fare. (Leia Mais)

 

 

quinta-feira, 25 de janeiro de 2024
Participação no mercado 2022/2023 - América do Sul
Além do clássico participação no mercado para o Brasil, esse ano também fizemos uma análise da participação das companhias aéreas nos países da América do Sul. Se anteriormente o comum era que cada país fosse dominado por sua companhia de "bandeira", no Uruguai Pluna, na Argentina Aerolineas, no Chile Lan, no Paraguai LAP, na Bolívia LAB, no Peru AeroPeru, no Equador TAME, na Colômbia Avianca e na Venezuela Viasa, agora a região é dominada pelos grupos aéreos, uma tendência global de consolidação do setor que criou gigantes aéreos. Atualmente os dois grupos dominantes são o Grupo Latam, com subsidiárias no Brasil, Paraguai, Chile, Peru, Equador e Colômbia, e Grupo Aba, com representantes na Argentina, Brasil, Equador e Colômbia. (Leia Mais
)

 

 

terça-feira, 16 de janeiro de 2024
Participação no mercado 2023
No ano de 2023 o mercado internacional seguiu com uma recuperação mais forte, enquanto o mercado doméstico cresceu em ritmo menor. Porém enquanto o mercado doméstico já recuperou 96% da demanda de 2019, o mercado internacional ainda está em 88%. Latam Brasil: Completando o seu terceiro ano na liderança do mercado doméstico, a Latam ainda conseguiu uma distância maior da segunda colocada nesse ano, sendo a que mais cresceu das três grandes companhias do mercado doméstico. Após a saída da recuperação judicial (Chapter 11) a Latam Brasil voltou a ampliar a frota, que recebeu um reforço de 10 A320neo e 7 A321neo. Já no mercado internacional o grande destaque foi a Joint Venture com a Delta. Além do aumento das frequências entre Brasil e EUA pelas duas empresas. (Leia Mais)

 

 

quinta-feira, 11 de janeiro de 2024
Latam pinta cinco aeronaves com as cores das bandeiras nacionais dos países onde opera
Decolou hoje, 11 de janeiro, o A320neo, PR-XBG, com as cores especiais da bandeira brasileira (verde e amarelo). Essa é a primeira de cinco aeronaves que ostentarão as cores das bandeiras nacionais de cada país onde a Latam opera: Brasil, Chile, Peru, Colômbia e Equador. A partir de hoje a aeronave com a pintura especial verde e amarela operará voos domésticos e para a América Latina, iniciando na Ponte Aérea Rio - São Paulo. (Leia Mais)

 

 


sexta-feira, 1 de dezembro de 2023
Notícias rápidas - Dezembro/2023
1 Air France-KLM compra 20% da SAS, 2 Governo volta atrás nas regras do Santos Dumont, 3 Agora vai? Não!, 4 avianca com a minúsculo, 5 Encomendas atrasadas, 6 Joint Venture funcionando, 7 Mais uma para o grupo Abra, 8 Alaska Airlines compra Hawaiian Airlines, 9 Gol volta para Colômbia (Leia Mais)

 

 

quinta-feira, 16 de novembro de 2023
Após 40 anos, o adeus ao Boeing 767 para passageiros no Brasil
No dia 15 de setembro de 2023 a Latam Brasil realizou o seu último voo regular de passageiros com o Boeing 767. O responsável pelo voo derradeiro foi o PT-MOD, no voo LA3561 de Manaus para São Paulo, que pousou no Aeroporto Internacional de Guarulhos às 18h48. Após isso o B767 seguiu para a sede de manutenção da empresa em São Carlos. O último voo internacional operado pelos B767 foi entre São Paulo e a Cidade do México. Desde 2013 o Boeing 767-300ER se tornou a principal aeronave da Latam Brasil para voos internacionais. A companhia chegou a operar 19 unidades simultaneamente, incluindo cargueiros, em 2017. Os B767 eram complementados pelos wide-bodies maiores A350 e B777. Porém as coisas mudaram com a pandemia do COVID-19. (Leia Mais)

 

 

segunda-feira, 9 de outubro de 2023
Nostalgia: Curiosidades nostálgicas 3
1. O que não te contaram sobre o Super Constellation Que o Constellation é considerado uma das aeronaves mais bonitas do mundo, que revolucionou o transporte aéreo e que era o maior da sua época, pode não ser novidade para você. Nem mesmo que o Constellation tinha o apelido de "melhor trimotor do mundo", pois seus quatro motores eram muito "temperamentais" e tinham panes frequentes. Por esse motivo, a Varig tinha motores reservas nas cidades por onde ele passava, prontos para uma rápida troca em caso de problema. Imagine que você está voando num Super Constellation e de repente escuta a mensagem do comandante: "Sras. e Srs. iremos realizar a troca de estágio dos compressores, o que é um procedimento normal para este tipo de aeronave". (Leia Mais)

 

 

quinta-feira, 21 de setembro de 2023
Notícias rápidas - Setembro/2023
1 Meu Voo Compensa, 2 A mistura do Brasil com o Egito, 3 Fim da festa das crianças, 4 Azul del Uruguay, 5 Foguete Qatar, 6 Retomada Latam, 7 Arara à vista, 8 Aeroportos limitados, 9 Latam recebe primeiro A321neo (Leia Mais)

 



0 comments:

Postar um comentário

As mais lidas dos últimos 12 meses

As mais lidas de todos os tempos

Populares

Postagem em destaque

Os Boeing que não existiram

Na industria da aviação comercial é muito comum aeronaves que ficaram só no papel. Todas as fabricantes possuem modelos que não deram certo ...

Sobre Nós

Minha foto
O site AviaçãoComercial.net foi criado em agosto de 2009, a partir do site FSDownload.net (lançado em 2004). O site www.aviacaocomercial.net é dedicado a aviação comercial brasileira, com informações sobre aeronaves, companhias aéreas, dados e etc. O Blog se dedica as últimas notícias de forma resumida, curiosidades e análises sobre aviação comercial.

Arquivo