Busca interna

quinta-feira, 21 de setembro de 2017

Azul troca o A350 pelo A330neo

Quando anunciou voos internacional, em 2014, a Azul anunciou a aquisição de aeronaves A330-200 e A350-900. Porém com a queda na demanda de passageiros no Brasil, a Azul acabou desistindo dos A350-900 e ficou apenas com os A330. No entanto, hoje a empresa anunciou a encomenda de cinco Airbus A330-900neo para substituir os atuais A330. As aeronaves serão entregues pela Avolon, empresa de leasing, a partir do final de 2018 e estarão configuradas com 34 assentos na classe Business, 108 na Economy Extra e 156 na Economy. Segundo a Azul, o A330-900neo consome até 14% menos combustível por assento do que o atual modelo. A Avolon é parte do grupo Hainan Airlines Holding Co., Ltd., dona de 22% da Azul e também acionista da Tap.
Tap será a primeira companhia aérea no mundo a operar o A330neo. A Tap trocou a sua encomenda de A350-900 por A330-900neo, após ter sida comprada pelo grupo liderado por David Neeleman, fundador da Azul. Entretanto o programa do A330neo sofreu atraso no cronograma, adiando as entregas de 2017 para 2018. O atraso foi atribuído ao motor Rolls-Royce. A aeronave também virá equipada com a nova cabine "Airspace", com nova área de boas-vindas, tecnologia de iluminação LED, mais espaço para bagagem, novos lavatórios e conectividade de última geração.
A330neo foi lançado em julho de 2014 para substituir a Família A330 e competir diretamente com o Boeing 787. A nova família de aeronaves será equipada com novos motores Rolls-Royce Trent 7000, novos winglets, asas maiores e melhorias aerodinâmicas, garantindo uma redução no consumo de combustível e maior alcance. O A330-900neo, versão encomendada pela Azul e pela Tap, concorre diretamente com o Boeing 787-9. Enquanto o B787 tem a vantagem de partir de um modelo criado do zero e com duas opções de motores, o A330-900neo tem maior eficiência por ser otimizado somente para o Rolls-Royce e a Airbus pode oferecer maiores descontos, já que o A330neo é uma atualização do A330 e teve custo de desenvolvimento menor.
Enquanto a Boeing já tem 250 B787-9 em operação e mais 516 encomendados, o A330-900neo ainda não decolou e tem apenas 209 encomendas.

0 comments:

Postar um comentário

Postagens desse ano:

sexta-feira, 1 de dezembro de 2023

Notícias rápidas - Dezembro/2023

quinta-feira, 16 de novembro de 2023

Após 40 anos, o adeus ao Boeing 767 para passageiros no Brasil

segunda-feira, 9 de outubro de 2023

Nostalgia:
Curiosidades nostálgicas 3

quinta-feira, 21 de setembro de 2023

Notícias rápidas - Setembro/2023

segunda-feira, 14 de agosto de 2023

Galeão - Uma novela que não se passa no Leblon

terça-feira, 18 de julho de 2023

Nostalgia:
Curiosidades nostálgicas 2

quinta-feira, 22 de junho de 2023

Notícias rápidas - Junho/2023

sexta-feira, 26 de maio de 2023

Lufthansa compra ITA e garante liderança na Europa

quarta-feira, 1 de março de 2023

Notícias rápidas - Março/2023

terça-feira, 14 de fevereiro de 2023

Por que não tem mais aeronaves com quatro motores?

quarta-feira, 25 de janeiro de 2023

Participação no mercado em 2022

As mais lidas dos últimos 12 meses

As mais lidas de todos os tempos

Populares

Postagem em destaque

Os Boeing que não existiram

Na industria da aviação comercial é muito comum aeronaves que ficaram só no papel. Todas as fabricantes possuem modelos que não deram certo ...

Sobre Nós

Minha foto
O site AviaçãoComercial.net foi criado em agosto de 2009, a partir do site FSDownload.net (lançado em 2004). O site www.aviacaocomercial.net é dedicado a aviação comercial brasileira, com informações sobre aeronaves, companhias aéreas, dados e etc. O Blog se dedica as últimas notícias de forma resumida, curiosidades e análises sobre aviação comercial.

Arquivo